Escravos do amor - OPINIÃO


.

Satisfação sexual...
Os dez anos como escravo sexual num bordel turco fizeram com que Lorde Valentin Sokorvsky tivesse um insaciável apetite sexual. Agora, chegou a hora de casar, mas encontrar uma mulher que consiga satisfazer os seus luxuriosos desejos representa um autêntico desafio para ele... Até que conhece Sara e tudo em que consegue pensar é em tê-la sob o seu corpo viril, suplicando-lhe que o saboreie e o acaricie.

Sedução sensual...
Sara Harrison sabe que deveria ficar escandalizada e assombrada pelos atrevidos avanços de Lorde Sokorvsky, mas, ao invés, sente-se secretamente excitada e atraída por aquele homem sensual e sedutor. Escondida atrás da sua calma e das suas maneiras requintadas, encontra- se uma mulher sensual que deseja as carícias íntimas de um homem e anseia ser educada na arte da sensualidade para dar e receber prazer e sucumbir a um louco desejo que não conhece limites.

Opinião:
Este é o primeiro volume da série da Casa Do Prazer, "Escravos do amor" e penso que tanto o título como a capa não poderiam estar mais adequados ao conteúdo.
Na contra-capa do livro existe esta informação:
Aviso: Este livro pode conter descrições explícitas de cariz sexual.
É este o tipo de livro que vão levar para casa, se o escolherem.
Passemos então à história. . . Sara Harrison é uma jovem ingénua, bonita e determinada que conhece Lorde Valentin Sokorvsky e a sua vida muda.
Lorde valentin é um homem marcado por experiências passadas, experiências essas que vão influenciar toda a sua vida pessoal e todo o relacionamento com Sara. Teve um passado conturbado, e procura satisfação e aprovação por parte das mulheres. . . e não só.
Existe uma sedução constante por parte dos dois para assegurar que ambos dão e recebem prazer. Descrições explícitas percorrem toda a narrativa.
Há relações "alternativas" no livro e tal como a série é conhecida, existe uma casa do prazer, onde. . . bom. . . tudo mas TUDO é permitido. Há fantasias para todos os gostos e com vários intervenientes.
Há uma intriga que envolve toda a história desde o início, atraindo o perigo e incerteza para Lorde Valentin.
Podem haver supresas na resolução da intriga.
Concluindo, diria que, é um livro levezinho, para descontrair de leituras mais pesadas e diria ainda que, quem não tem uma mente aberta para o sexo, certas partes poderão ser mais difíceis de ler e podem repugnar e mesmo quem tenha essa mente aberta, certos aspectos de certas relações podem não atrair. . .

Eu gostei e cá aguardo o próximo volume da série.

Escrito por:
Filipa Monteiro

One Response to “Escravos do amor - OPINIÃO”

  1. Diemy* says:

    Ando curiosa quanto a esta série mas, agora com esta opinião, estou ainda mais curiosa para me embrenhar nela. :P

    Obrigado pela tua opinião Filipa! :)

    Beijinhos e continuação*

Your Reply